Daniele Bornea

Carregando, aguarde...

Linda Gata

Coloração é a soma das cores

21 de julho de 2020
2 minutos de leitura
Bem, esse conceito de soma de cores é fisicamente muito complicado por ser bastante abstrato e soma de cores fisicamente falando não é o que vou falar daqui a pouco, por isso, os físicos de plantão, por favor, vou pedir uma licença (cientifica) para explicar o que acontece no fio, apesar de não ser a definição científica para soma de cores.

O que chamo de soma de cores, nada mais é do que somar a cor que está no fundo de clareamento com a cor que foi escolhida para ser aplicada sobre o fundo de clareamento, nos revelando a cor final.

Pensar dessa forma é relativamente simples e funciona muito bem na prática;

Trata-se das seguintes combinações:

Fundo mais escuro que a cor escolhida: clarear o fio e depois adicionar a cor escolhida

Fundo da mesma altura de tom da cor escolhida: mantem cor do fundo

Fundo mais claro que a cor escolhida em até 2 tons: apenas adicionar a cor escolhida

Fundo mais claro que a cor escolhida mais que 3 tons: necessário repor o fundo de clareamento e aplicar a cor escolhida

Simples assim.

Cuidados:

Precisamos ter cuidados com as nuances escolhidas. Toda nuance quente é mais fácil de adicionar sobre o fundo de clareamento, já que sempre será quente uma cor quente (ou vermelho, ou laranja ou amarelo).

Se a nuance escolhida for fria, precisaremos oxidar ou neutralizar o fundo de clareamento, lembrando que o fundo sempre terá uma cor quente, logo será um interferente para as nuances frias. Não é simples conseguir isso tecnicamente, mas conceitualmente falando é isso.

Mas se a cor escolhida ainda for mais clara que o fundo de clareamento? O seu fundo vai aparecer, talvez um pouco mais suave, pois a nuance escolhida pode ter amenizado as cores do fundo, mas a cor do fundo será predominante.

A tinta escolhida jamais será capaz de clarear um fundo mais escuro após a oxidação já realizada. Exemplo: se seu fundo estiver numa altura de 9 e deseja uma nuance na altura de 12, não conseguirá essa nuance apenas adicionando no cabelo uma coloração 12.0 ou 12.11 ou qualquer outra cor na altura de 12. Atualmente, com a tecnologia que temos, da forma que temos, isso não seria possível acontecer. Para clarear um fundo mais escuro que a altura da cor escolhida, precisará continuar descolorindo ou decapando até a altura de tom desejada.

Sendo assim, é isso o que chamo de soma de cores no nosso cabelo, mesmo que fisicamente, esse termo não corresponda com a definição que dei agora, mas é uma ideia muito mais simples de ser assimilada e facilita nosso pensamento em relação a Colorimetria.

Gostou? Dúvidas? Deixe seu comentário: